Boletim via e-mail



Para quem curte a Bíblia


Para quem curte a Bíblia 729

O profeta  Isaías proclama que a Palavra de Deus sempre realiza sua vontade, porém Jesus esclarece que para que isto aconteça depende de cada um de nós. Usando uma comparação do ser humano como terrenos de diversas características onde caem sementes, em que há os que são propícios ao desenvolvimento da semente, e outros não, mostra que a Palavra de Deus chega a todos nós, mas nem todos permitem que ela germine. Os que permitem geram os frutos da virtude, e conseguem realizar muitas coisas em favor dos outros. Estejamos portanto entre os que se manifestam como os filhos de Deus citados por Paulo em sua carta aos Romanos, que dando o valor correto às coisas materiais conseguem dar o devido valor à vida, aos relacionamentos, e ajuda a construir um mundo melhor.
Leitura do Livro do Profeta Isaías (Is 55,10-11). Isto diz o Senhor: 10"Assim como a chuva e a neve descem do céu e para lá não voltam mais, mas vêm irrigar e fecundar a terra, e fazê-la germinar e dar semente, para o plantio e para a alimentação, 11assim a palavra que sair de minha boca: não voltará para mim vazia; antes, realizará tudo que for de minha vontade e produzirá os efeitos que pretendi, ao enviá-la”.
SALMO RESPONSORIAL 64/65 R. A semente caiu em terra boa e deu fruto.
1. Visitais a nossa terra com as chuvas e transborda de fartura. Rios de Deus, que vêm do céu, derramam águas e preparais o nosso trigo.
2. É assim que preparais a nossa terra: vós a regais e a aplainais; os seus sulcos com a chuva amoleceis e abençoais as sementeiras.
3. O ano todo coroais com vossos dons, os vossos passos são fecundos; transborda a fartura onde passais, brotam pastos no deserto.
4. As colinas se enfeitam de alegria e os campos, de rebanhos; nossos vales se revestem de trigais: tudo canta de alegria.
Leitura da Carta de São Paulo aos Romanos (Rm 8,18-23). Irmãos: 18Eu entendo que os sofrimentos do tempo presente nem merecem ser comparados com a glória que deve ser revelada em nós. 19De fato, toda a criação está esperando ansiosamente o momento de se revelarem os filhos de Deus. 20Pois a criação ficou sujeita à vaidade, não por sua livre vontade, mas por sua dependência daquele que a sujeitou; 21também ela espera ser libertada da escravidão da corrupção e, assim, participar da liberdade e da glória dos filhos de Deus. 22Com efeito, sabemos que toda a criação, até o tempo presente, está gemendo como que em dores de parto. 23E não somente ela, mas nós também, que temos os primeiros frutos do Espírito, estamos interiormente gemendo, aguardando a adoção filial e a libertação para o nosso corpo.
Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo Mateus (Mt 13,1- 9). 1Naquele dia, Jesus saiu de casa e foi sentar-se às margens do mar da Galiléia. 2Uma grande multidão reuniu-se em volta dele. Por isso Jesus entrou numa barca e sentou-se, enquanto a multidão ficava de pé, na praia. 3E disse-lhes muitas coisas em parábolas: “O semeador saiu para semear. 4Enquanto semeava, algumas sementes caíram à beira do caminho, e os pássaros vieram e as comeram. 5Outras sementes caíram em terreno pedregoso, onde não havia muita terra. As sementes logo brotaram, porque a terra não era profunda. 6Mas, quando o sol apareceu, as plantas ficaram queimadas e secaram, porque não tinham raiz. 7Outras sementes caíram no meio dos espinhos. Os espinhos cresceram e sufocaram as plantas. 8Outras sementes, porém, caíram em terra boa, e produziram à base de cem, de sessenta e de trinta frutos por semente. 9Quem tem ouvidos, ouça!”

Horários das Missas

Todo dia 02 de cada mês missa em louvor à Nossa Senhora com a tradicional benção das velas.

Sexta-feira, missa às 20h na Igreja Matriz

Sábado, às 18h, missa na Comunidade Nossa Senhora da Defesa

Segunda, às 15h, missa das almas na Comunidade Nossa Senhora da Defesa.

Domingo, às 08h, 10h30 e 19h missa na Matriz e às 09h missa na comunidade de Santa Edwiges.

Publicações

Campanha da Fraternidade 2017
Cartaz da Festa da Padroeira 2017