Boletim via e-mail



Para quem curte a Bíblia


Para quem curte a Bíblia 613

<p> A met&aacute;fora que Jesus usa no evangelho segundo Jo&atilde;o ao comparar-se a um bom pastor, e a n&oacute;s a ovelhas, nos ensina como devemos nos comportar diante dos ensinamentos de Deus:&nbsp; obedecer confiantes de que eles nos levam a uma vida feliz. E, cientes disto, fazer o que for necess&aacute;rio &agrave; felicidade dos outros sempre dando gra&ccedil;as a Deus pelo bem realizado, como ensina Pedro nos Atos dos Ap&oacute;stolos. Desta forma&nbsp; manifestaremos nossa filia&ccedil;&atilde;o divina, como ensina Jo&atilde;o em sua carta, pois estaremos em comunh&atilde;o perfeita com a vontade de Deus.</p> <p> Leitura dos Atos dos Ap&oacute;stolos (4,8-12)&nbsp; Naqueles dias: 8Pedro, cheio do Esp&iacute;rito Santo, disse: &#39;Chefes do povo e anci&atilde;os: 9hoje estamos sendo interrogados por termos feito o bem a um enfermo e pelo modo como foi curado. 10Ficai, pois, sabendo todos v&oacute;s e todo o povo de Israel: &eacute; pelo nome de Jesus Cristo, de Nazar&eacute;, - aquele que v&oacute;s crucificastes e que Deus ressuscitou dos mortos - que este homem est&aacute; curado, diante de v&oacute;s. 11Jesus &eacute; a pedra, que v&oacute;s, os construtores, desprezastes, e que se tornou a pedra angular. 12Em nenhum outro h&aacute; salva&ccedil;&atilde;o, pois n&atilde;o existe debaixo do c&eacute;u outro nome dado aos homens pelo qual possamos ser salvos&#39;.</p> <p> Salmo Responsorial Sl 117,1.8-9.21-23.26.28cd.29 (R. 22)<br /> R.A pedra que os pedreiros rejeitaram,*tornou-se agora a pedra angular!<br /> 1Dai gra&ccedil;as ao Senhor, porque ele &eacute; bom! &#39;Eterna &eacute; a sua miseric&oacute;rdia!&#39;<br /> 8&Eacute; melhor buscar ref&uacute;gio no Senhor,*&nbsp; do que p&ocirc;r no ser humano a esperan&ccedil;a;<br /> 9&eacute; melhor buscar ref&uacute;gio no Senhor,* do que contar com os poderosos deste mundo!&#39;R.<br /> 21Dou-vos gra&ccedil;as, &oacute; Senhor, porque me ouvistes* e vos tornastes para mim o Salvador!<br /> 22&#39;A pedra que os pedreiros rejeitaram,* tornou-se agora a pedra angular.<br /> 23Pelo Senhor &eacute; que foi feito tudo isso:* Que maravilhas ele fez a nossos olhos!R.<br /> 26Bendito seja, em nome do Senhor,* aquele que em seus &aacute;trios vai entrando!<br /> 28V&oacute;s sois meu Deus, eu vos bendigo e agrade&ccedil;o!* V&oacute;s sois meu Deus, eu vos exalto com louvores!<br /> 29Dai gra&ccedil;as ao Senhor, porque ele &eacute; bom!* &#39;Eterna &eacute; a sua miseric&oacute;rdia!&#39;R.<br /> Leitura da Primeira Carta de S&atilde;o Jo&atilde;o (3,1-2) Car&iacute;ssimos: 1Vede que grande presente de amor o Pai nos deu: de sermos chamados filhos de Deus! E n&oacute;s o somos! Se o mundo n&atilde;o nos conhece, &eacute; porque n&atilde;o conheceu o Pai. 2Car&iacute;ssimos, desde j&aacute; somos filhos de Deus, mas nem sequer se manifestou o que seremos! Sabemos que, quando Jesus se manifestar, seremos semelhantes a ele, porque o veremos tal como ele &eacute;.</p> <p> Evangelho de Jesus Cristo segundo Jo&atilde;o (Jo 10,11-18). Naquele tempo, disse Jesus: 11Eu sou o bom pastor. O bom pastor d&aacute; a vida por suas ovelhas. 12O mercen&aacute;rio, que n&atilde;o &eacute; pastor e n&atilde;o &eacute; dono das ovelhas, v&ecirc; o lobo chegar, abandona as ovelhas e foge, e o lobo as ataca e dispersa. Pois ele &eacute; apenas um mercen&aacute;rio e n&atilde;o se importa com as ovelhas. 14Eu sou o bom pastor. Conhe&ccedil;o as minhas ovelhas, e elas me conhecem, 15assim como o Pai me conhece e eu conhe&ccedil;o o Pai. Eu dou minha vida pelas ovelhas. 16Tenho ainda outras ovelhas que n&atilde;o s&atilde;o deste redil:&nbsp;&nbsp; tamb&eacute;m a elas devo conduzir; escutar&atilde;o a minha voz, e haver&aacute; um s&oacute; rebanho e um s&oacute; pastor. 17&Eacute; por isso que o Pai me ama, porque dou a minha vida, para depois receb&ecirc;-la novamente. 18Ningu&eacute;m tira a minha vida, eu a dou por mim mesmo; tenho poder de entreg&aacute;-la e tenho poder de receb&ecirc;-la novamente; esta &eacute; a ordem que recebi do meu Pai&#39;.</p>

Horários das Missas

Todo dia 02 de cada mês missa em louvor à Nossa Senhora com a tradicional benção das velas.

Sexta-feira, missa às 20h na Igreja Matriz

Sábado, às 18h, missa na Comunidade Nossa Senhora da Defesa

Segunda, às 15h, missa das almas na Comunidade Nossa Senhora da Defesa.

Domingo, às 08h, 10h30 e 19h missa na Matriz e às 09h missa na comunidade de Santa Edwiges.

Publicações

Campanha da Fraternidade 2017
Cartaz da Festa da Padroeira 2017