Boletim via e-mail



Para quem curte a Bíblia


Para quem curte a Bíblia 688

O profeta Habacuc menciona uma resposta de Deus ao clamor de insatisfação do povo em relação às injustiças: “(...) Quem não é correto, vai morrer, mas o justo viverá por sua fé (...)” .  Por milênios a situação de injustiça tem perdurado, e não tenho dúvidas de que a resposta de Deus tem se feito presente neste mesmo tempo, uma vez que Ele não se refere a esta vida, mas à eterna. Daí a importância de alimentarmos nossa fé, pois o próprio Jesus  menciona o quanto nossa fé é pequena,  e  que se ela fosse do tamanho de um grão de mostarda, faríamos grandes transformações.  Comece transformado a si mesmo! Seja mais amoroso, carinhoso, misericordioso, fraterno e solidário. Isto fará com que sua fé aumente, e o Espírito Santo o inspire nas melhores atitudes, na atenção aos problemas dos outros, enfim, a realmente realizar melhoras que podem provocar outras melhoras, e levar às grandes transformações mencionadas por Jesus.

Leitura da Profecia de Habacuc (Hab 1,2-3; 2,2-4). 2Senhor, até quando clamarei, sem me atenderes? Até quando devo gritar a ti: “Violência!”, sem me socorreres? 3Por que me fazes ver iniquidades, quando tu mesmo vês a maldade? Destruições e prepotência estão à minha frente; reina a discussão, surge a discórdia. 2,2Respondeu-me o Senhor, dizendo: “Escreve esta visão, estende seus dizeres sobre tábuas, para que possa ser lida com facilidade. 3A visão refere-se a um prazo definido, mas tende para um desfecho, e não falhará; se demorar, espera, pois ela virá com certeza, e não tardará. 4Quem não é correto, vai morrer, mas o justo viverá por sua fé”.

Salmo Responsorial 94 (95)
R. Não fecheis o coração, ouvi vosso Deus!
1. Vinde, exultemos de alegria no Senhor, aclamemos o Rochedo que nos salva! Ao seu encontro caminhemos com louvores e com cantos de alegria o celebremos!
2. Vinde, adoremos e prostremo-nos por terra e ajoelhemos ante o Deus que nos criou! Porque ele é nosso Deus, nosso Pastor, e nós somos o seu povo e seu rebanho, as ovelhas que conduz com sua mão.
3. Oxalá ouvísseis hoje a sua voz: “não fecheis o coração como em Meriba, como em Massa, no deserto, aquele dia, em que outrora vossos pais me provocaram, apesar de terem visto as minhas obras”.
Leitura da Segunda Carta de São Paulo a Timóteo (2Tm 1,6-8.13-14). Caríssimo, 6exorto-te a reavivar a chama do dom de Deus que recebeste pela imposição das minhas mãos. 7Pois Deus não nos deu um espírito de timidez mas de fortaleza, de amor e sobriedade. 8Não te envergonhes do testemunho de nosso Senhor nem de mim, seu prisioneiro, mas sofre comigo pelo Evangelho, fortificado pelo poder de Deus. 13Usa um compêndio das palavras sadias que de mim ouviste em matéria de fé e de amor em Cristo Jesus. 14Guarda o precioso depósito, com a ajuda do Espírito Santo que habita em nós.
Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo Lucas (Lc 17,5-10). Naquele tempo, 5os apóstolos disseram ao Senhor: “Aumenta a nossa fé!” 6O Senhor respondeu: “Se vós tivésseis fé, mesmo pequena como um grão de mostarda, poderíeis dizer a esta amoreira: ‘Arranca-te daqui e planta-te no mar’, e ela vos obedeceria. 7Se algum de vós tem um empregado que trabalha a terra ou cuida dos animais, por acaso vai dizer-lhe, quando ele volta do campo: ‘Vem depressa para a mesa?’ 8Pelo contrário, não vai dizer ao empregado: ‘Prepara-me o jantar, cinge-te e serve-me, enquanto eu como e bebo; depois disso tu poderás comer e beber?’ 9Será que vai agradecer ao empregado, porque fez o que lhe havia mandado? 10Assim também vós: quando tiverdes feito tudo o que vos mandaram, dizei: ‘Somos servos inúteis; fizemos o que devíamos fazer’”

Horários das Missas

Todo dia 02 de cada mês missa em louvor à Nossa Senhora com a tradicional benção das velas.

Sexta-feira, missa às 20h na Igreja Matriz

Sábado, às 18h, missa na Comunidade Nossa Senhora da Defesa

Segunda, às 15h, missa das almas na Comunidade Nossa Senhora da Defesa.

Domingo, às 08h, 10h30 e 19h missa na Matriz e às 09h missa na comunidade de Santa Edwiges.

Publicações

Campanha da Fraternidade 2017
Cartaz da Festa da Padroeira 2017