Boletim via e-mail



Para quem curte a Bíblia


Para quem curte a bíblia 857

O povo esperava por um sinal de salvação, e Isaías profetizou que o próprio Deus daria este sinal. Manifestando todo seu amor pela humanidade, o sinal é o nascimento de Seu Filho Jesus Cristo. Para que este sinal pudesse se concretizar Deus fez-se depender do amor de Maria, que assumiu conceber Jesus, e de José, que assumiu casar-se com Maria e criar Jesus como seu filho. Assim, da união do amor divino com o humano, resulta o ápice da história da salvação, e temos Deus conosco. Deus continua manifestando seu amor constantemente, e espera de nós o amor como o de Maria e José, para que todos possam sentir a alegria da salvação. Que a proximidade do Natal nos inspire a manifestar este amor através de ações que levem todos a sentir esta alegria!

Leitura do livro do profeta Isaías (Isaías 7,10-14). Naqueles dias, 10o Senhor falou com Acaz, dizendo: 11"Pede ao Senhor teu Deus que te faça ver um sinal, quer provenha da profundeza da terra, quer venha das alturas do céu”. 12Mas Acaz respondeu: “Não pedirei nem tentarei o Senhor”. 13Disse o profeta: “Ouvi, então, vós, casa de Davi: será que achais pouco incomodar os homens e passais a incomodar até o meu Deus? 14Pois bem, o próprio Senhor vos dará um sinal. Eis que uma virgem conceberá e dará à luz um filho, e lhe porá o nome de Emanuel”.
Salmo 23(24) R. O rei da glória é o Senhor onipotente; abri as portas para que ele possa entrar! 1. Ao Senhor pertence a terra e o que ela encerra, o mundo inteiro com os seres que o povoam; porque ele a tornou firme sobre os mares e, sobre as águas, a mantém inabalável. 2. “Quem subirá até o monte do Senhor, quem ficará em sua santa habitação?” “Quem tem mãos puras e inocente coração, quem não dirige sua mente para o crime. 3. Sobre este desce a bênção do Senhor e a recompensa de seu Deus e salvador.” “É assim a geração dos que o procuram e do Deus de Israel buscam a face.”
Leitura da carta de São Paulo aos Romanos (Romanos 1,1-7). 1Eu, Paulo, servo de Jesus Cristo, apóstolo por vocação, escolhido para o evangelho de Deus, 2que pelos profetas havia prometido , nas Sagradas Escrituras , 3e que diz respeito a seu Filho, descendente de Davi segundo a carne, 4autenticado como Filho de Deus com poder pelo Espírito de santidade que o ressuscitou dos mortos, Jesus Cristo, nosso Senhor. 5É por ele que recebemos a graça da vocação para o apostolado, a fim de podermos trazer à obediência da fé todos os povos pagãos, para a glória de seu nome. 6Entre esses povos estais também vós, chamados a ser discípulos de Jesus Cristo. 7A vós todos que morais em Roma, amados de Deus e santos por vocação, graça e paz da parte de Deus, nosso Pai, e de nosso Senhor Jesus Cristo.
Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo Mateus (Mateus 1,18-24). 18A origem de Jesus Cristo foi assim: Maria, sua mãe, estava prometida em casamento a José, e, antes de viverem juntos, ela ficou grávida pela ação do Espírito Santo. 19José, seu marido, era justo e, não querendo denunciá-la, resolveu abandonar Maria em segredo. 20Enquanto José pensava nisso, eis que o anjo do Senhor apareceu-lhe em sonho e lhe disse: “José, filho de Davi, não tenhas medo de receber Maria como tua esposa, porque ela concebeu pela ação do Espírito Santo. 21Ela dará à luz um filho, e tu lhe darás o nome de Jesus, pois ele vai salvar o seu povo dos seus pecados”. 22Tudo isso aconteceu para se cumprir o que o Senhor havia dito pelo profeta: 23"Ei s que a virgem conceberá e dará à luz um filho. Ele será chamado pelo nome de Emanuel, que significa: Deus está conosco”. 24Quando acordou, José fez conforme o anjo do Senhor havia mandado e aceitou sua esposa.

Horários das Missas

Todo dia 02 de cada mês missa em louvor à Nossa Senhora com a tradicional benção das velas.

Sexta-feira, missa às 15h na Igreja Matriz

Sábado, às 18h, missa na Comunidade Nossa Senhora da Defesa

Segunda, às 15h, missa das almas na Comunidade Nossa Senhora da Defesa.

Domingo, às 08h, 10h30 e 19h missa na Matriz e às 09h missa na comunidade de Santa Edwiges.

Publicações

Campanha da Fraternidade