Destaques


Na Festa da Padroeira, conheça o histórico de nossa Paróquia

Nos primeiros meses do ano de 1956, foi doada à Mitra Arquidiocesana de São Paulo uma área com cerca de 900m2, com a condição de que fosse construída uma igreja. Por desejo de D. Carlos Carmelo de Vasconcelos Mota, então Cardeal de São Paulo, a igreja seria construída com a invocação de Nossa Senhora da Luz.

Em 24 de Abril de 1956, iniciaram-se os preparativos ao empreendimento e em 13 de maio do mesmo ano, após um tríduo preparatório, com a presença de D. Antonio Rolim Loureiro (Bispo Auxiliar de São Paulo) e milhares de fiéis, foi lançada oficialmente a pedra fundamental da futura igreja, com a benção da imagem padroeira. A obra iniciou-se pelo salão paroquial, o qual foi inaugurado em 30 de maio de 1957. O começo da construção da igreja se deu em agosto do mesmo ano, e a primeira comemoração festiva da padroeira se deu em 01 de fevereiro de 1958.

Em 11 de fevereiro de 1958 a igreja de Nossa Senhora da Luz foi elevada à condição de Paróquia. A campanha do dizimo teve início em 1966, época em que a paróquia contava com 150 dizimistas. Em 08 de julho de 1973 ocorreu a festa da benção da Igreja e consagração do altar presidida por D. Paulo Evaristo Arns. Não podemos deixar de registrar o grande transtorno ocorrido em 05 de julho de 1975, quando, após forte vendaval, o telhado da Paróquia desabou, o que gerou muitos prejuízos.

Pastorais

Uma das pastorais a ser destacada nestes sessenta anos é a Pastoral das Vocações, que rezando assiduamente pelas vocações em todas as missas, como também junto às famílias, juntamente com a graça e dádiva de Deus, fez com que surgisse na Paróquia Nossa da Luz dezesseis vocações consagradas ao serviço de Deus em sua igreja e três postulantes, vocações essas brotadas do meio de nossa juventude; das quais oito sacerdotes e oito religiosas.
Outra pastoral de destaque é a Pastoral da Saúde, criada inicialmente com a preocupação de colaborar e atender ao hospital pertencente ao território da paróquia, assumiu o trabalho junto aos nossos idosos enfermos, mantendo uma visita semanal aos mesmos, atendendo-os em suas necessidades, tanto materiais como espirituais, levando a Eucaristia até eles.

Nova Matriz

Em função do crescimento do bairro e do número de fiéis, foi manifestada pelo Pe. Valdevir Cortezi junto ao povo a necessidade da construção de um novo templo, uma vez que a Igreja já não comportava o contingente de paroquianos, e também havia um problema com a estrutura do prédio, que estava abalada.

No dia 31 de maio de 1981, foi realizada a celebração de lançamento da pedra fundamental do novo templo, com a presença do então Bispo Regional, Dom Joel Ivo Catapan e grande número de paroquianos, teve início então as obras de construção da nova matriz. Em 1982 as missas puderam ser celebradas provisoriamente no último salão (primeiro piso), em 06 de outubro de 1984, foi inaugurado o salão paroquial (segundo piso).

No final de 1995, foi criada a Obra Social Nossa Senhora da Luz, com a finalidade de manter e promover obras sociais e de educação em seus vários graus, promovendo e desenvolvendo o crescimento e amparo da infância, juventude e sociedade em geral.

Com a nova Matriz pronta, na alegria da comemoração dos 40 anos da fundação da Paróquia, em 24 de maio de 1996, foi celebrada a Dedicação do nosso templo a Deus, em louvor de Nossa Senhora da Luz. Por meio do trabalho missionário da Paróquia se despontaram quatro comunidades: Comunidade São Tarcísio, Comunidade São Francisco, Comunidade São Paulo e Comunidade Santa Edwiges. Atualmente duas comunidades estão em plena atividade: Santa Edwiges e Nossa Senhora da Defesa.

Capela das Almas

A Paróquia criou um espaço para que seus fiéis eternizem sua presença e a de seus entes queridos, onde sempre alguém estará rezando por eles em nossa Igreja.

Cinerário

Em dezembro de 2017, a Paróquia Nossa Senhora da Luz inaugurou o primeiro Cinerário de sua região. Em 2016 o Vaticano divulgou as novas regras para a cremação de católicos, a igreja proíbe os fiéis de espalharem as cinzas de seus entes queridos na natureza, no mar ou em qualquer outro tipo de ambiente, também é vetada a distribuição das cinzas entre os familiares ou, ainda, que as transformem em lembrança comemorativa e objetos de joalheria. Atendendo a esta recomendação, a Paróquia oferece um local na Comunidade Nossa Senhora da Defesa para que aqueles que desejarem, coloquem as cinzas de seu ente querido que foi cremado.

O depósito das cinzas na Comunidade, acontece em uma cerimônia realizada por um sacerdote, e todos os meses é celebrada uma missa in memorian.

 

 

Da Redação

Horários das Missas

 

 Todo dia 02 de cada mês missa em louvor à Nossa Senhora com a tradicional benção das velas.

 Sábado, às 18h, missa no Cinerário Nossa Senhora da Luz.

 Domingo, às 10h30 e 18h missa na Matriz.

 

Domingo, às 09h missa na Comunidade Santa Edwiges

 

Inscreva-se em nosso canal

https://youtube.com/c/CanalNossaluz

 

Publicações

Campanha da Fraternidade de 2022