Destaques


Diácono Márcio exorta a comunidade a respeito das celebrações dos momentos fortes que vivenciamos neste mês.

Deus se faz presente na história humana
Esta afirmativa teológica está longe de ser entendida e principalmente vivida por boa parte do povo cristão.
O momento comunitário que atualmente vivemos sem dúvida alguma nos ajuda a ter mais uma vez a experiência de Deus a partir da história de nossa comunidade. Lembremos dos momentos celebrativos destes últimos tempos. O Ano Missionário que se estenderá até maio de 2016; 19 anos de Sagração do Nosso Templo com sua novena preparatória que coincidiu no mesmo tempo da primeira novena da igreja em Jerusalém; início de preparação rumo aos 60 anos da nossa comunidade; celebração dos 40 anos de ordenação sacerdotal do nosso pároco Pe. Valdevir.
E nossa alegria hoje se destaca, nesta edição histórica do nosso informativo Lumen em sua edição de número 1000, quando também no próximo ano celebraremos 20 anos de publicação semanal ininterrupto do nosso veículo de comunicação. E como Deus se manifesta nestes momentos? Mostrando a esta comunidade que com sua presença somos convocados a sermos a sua igreja como ele ensinou: missionária, fraterna, acolhedora e profética.
Mas temos ainda muitos desafios: com o Deus que se revela na nossa história, nossas posturas são evidenciadas. Somos uma comunidade de “fato” ou de “papo”? Estamos assumindo a nossa missão neste ano especial? Me sinto membro ativo de minha comunidade? Deus ocupa o espaço que deve ser dele em minha vida? Muitas perguntas inquietantes e que cada um de nós deve responder não com expressões verbais, mas com atitudes.
Portanto, caríssimos irmãos, vamos celebrar com a dignidade de filhos de Deus dada em nosso batismo os momentos marcantes da história de nossa comunidade, nos aproximando na forma de ser igreja como a das comunidades primitivas comentadas no livro dos Atos dos Apóstolos.
Devemos comemorar todos estes momentos marcantes sentindo a presença real de Deus, que aqui se manifesta e comunicando a todos a sua presença!
Diácono Marcio José Ribeiro

Horários das Missas

Todo dia 02 de cada mês missa em louvor à Nossa Senhora com a tradicional benção das velas.

Sexta-feira, missa às 20h na Igreja Matriz

Sábado, às 18h, missa na Comunidade Nossa Senhora da Defesa

Segunda, às 15h, missa das almas na Comunidade Nossa Senhora da Defesa.

Domingo, às 08h, 10h30 e 19h missa na Matriz e às 09h missa na comunidade de Santa Edwiges.

Publicações

CF 2018
Cartaz da Festa da Padroeira 2017